segunda-feira, 14 de julho de 2014

De volta aos blogs mas agora com um propósito diferente. Falarei da situação política em Portugal e sobretudo de futebol mais especificamente do Benfica.
Neste momento sinto-me preocupado pela situação que o clube vive. O excesso de endividamento e a exposição ao BES tem feito que a crise neste último esteja a ter efeitos na competitividade da equipa. É necessário vender os jogadores para pagar o que devemos ao BES.
Nesta situação é preciso perceber qual é o papel de Domingos Soares de Oliveira. DSO foi colocado como director financeiro da SAD do Benfica pelo BES e sendo o mesmo sportinguista tenho sérias dúvidas que neste momento esteja a defender os interesses do clube.
Com uma direcção séria quem definia os destinos do clube eram os seus dirigentes e tendo em vista o melhor para o clube, infelizmente desde 1994 que anda gente mal intencionada na direcção. Pena é que antigamente havia espírito crítico e o que era mau foi corrido (Damásio, JVA) e agora andamos há mais de uma década a levar com o Luís do bairro das Furnas.

Sem comentários: